top of page
  • luandaeditores

Produção de 140.251 motocicletas em setembro revela melhor resultado para o mês em uma década


Foto: Pixabay/Pexels

De acordo com a associação Abraciclo, esse foi o melhor resultado para o mês desde 2013


Conteúdo Abraciclo


Um levantamento feito pela Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares – Abraciclo, aponta que, em setembro, 140.251 motocicletas saíram das linhas de montagem do PIM (Polo Industrial de Manaus). O volume é bem próximo ao registrado no mesmo mês do ano passado (139.622 unidades) e 14,5% menor ao registrado em agosto (164.008 motocicletas). Setembro foi o melhor resultado para o mês desde 2013 (150.731 unidades).


De janeiro a setembro, foram produzidas 1.191.673 motocicletas, alta de 12,3% na comparação com o mesmo período do ano passado (1.061.543 unidades). Esse foi o melhor resultado alcançado para os primeiros nove meses do ano, desde 2013 (1.263.203 motocicletas).


A projeção da Abraciclo é fechar o ano com 1.560.000 motocicletas produzidas, volume 10,4% superior na comparação com 2022 (1.413.222 unidades).


Vendas no varejo

Em setembro, foram licenciadas 135.056 motocicletas, volume 9,2% superior ao registrado no mesmo mês do ano passado (123.641 unidades). Na comparação com agosto, no entanto, houve recuo de 5,4% (142.770 motocicletas). Segundo dados da Abraciclo, esse foi o melhor desempenho alcançado para o mês desde 2011. Naquele ano, as vendas no varejo totalizaram 174.487 unidades.

Veja o ranking de emplacamentos por categoria e a comparação com o mês e ano anteriores:


Fonte: Associadas Abraciclo

A média diária de vendas em setembro, que teve 20 dias úteis, foi de 6.753 unidades/dia.


No acumulado do ano, foram vendidas 1.180.981 motocicletas no varejo, volume 19,7% superior na comparação com o mesmo período do ano passado (986.250 unidades).


As motocicletas de média cilindrada registraram o maior crescimento percentual nesse período. Os emplacamentos cresceram 29,8%, passando de 137.954 unidades licenciadas nos primeiros nove meses do ano passado para 179.130 motocicletas emplacadas no mesmo período deste ano.


Em números absolutos, a liderança foi dos modelos de baixa cilindrada. De janeiro a setembro, os emplacamentos totalizaram 964.366 unidades, o que corresponde a 81,7% do mercado.


A estimativa da Abraciclo é de que sejam vendidas 1.511.000 motocicletas no varejo, alta de 10,9% na comparação com 2022 (1.361.941 unidades).


Exportações

A indústria de motocicletas instalada no PIM exportou 1.258 unidades em setembro. O volume foi 78,3% menor na comparação com o mesmo mês do ano passado (5.786 motocicletas) e 63,5% inferior às 3.443 unidades embarcadas em agosto.


As exportações das associadas da Abraciclo somaram 28.410 motocicletas no acumulado do ano, o que representa uma retração de 34,9% na comparação com o mesmo período de 2022 (43.670 unidades).


Acesse a apresentação com os números completos do Segmento de Motocicletas:

Comments


bottom of page