Editorial especial: O momento é de crise ou apenas uma pausa para reflexão?

multiplicadores

O mundo ganhou em velocidade de conhecimento e informação. As coisas se transformam em um abrir e fechar de olhos exigindo analises e reações tão rápidas quanto. Atingimos os quatro cantos do mundo com apenas um toque. Ferramentas disponíveis, ao nosso alcance que podem definir soluções e novos rumos estratégicos.

Daí vem a pandemia. Um vírus escapa ao controle dos cientistas e suas poderosas máquinas e atinge todo o mundo, sem exceção e, faz com que todos parem, se recolham para as suas áreas mais seguras. Suas casas, como se fossem castelos instransponíveis das épocas medievais. Mas o que fazer com o tempo que ficou disponível? Ler um livro, assistir à aquela série, brincar com as crianças? Ter aquela conversa tranquila com a parceira(o)? Ou, simplesmente, descansar. Dormir até acordar…

Mas o mundo dos negócios está lá fora dando continuidade a sua trajetória insaciável. É tempo então, de pesquisar, reavaliar, encontrar novas soluções para as ações que vinham por caminhos sólidos até então.
É assim que vemos o momento: reflexão, calma e ponderação.

Temos trabalhado incansavelmente durante anos para oferecer aos nossos parceiros ferramentas que proporcionem bons negócios, excelentes resultados a baixo custo.

Firmamos parcerias por longo tempo e conquistamos novas, fruto desta nossa inquietação, em não nos acomodarmos. Tivemos sucessos. Tantos que não sabemos qual o mais importante. Talvez tenha sido a edição dos nossos guias que escancaram para todos grandes, médios ou pequenos empresários, quem, onde e o que é produzido e comercializado? Ou as edições de nossas revistas que informam as novidades, as tendências e as histórias de empresas e empresários? Nossas iniciativas em aproximar os empreendedores aos seus clientes e, até mesmo, aos seus concorrentes, transformando-os em inimagináveis e respeitáveis parceiros do mercado?

Sinceramente, nos é muito difícil apontar qual. Mas, sem dúvida alguma temos a consciência e orgulho da confiança que todos têm depositado em nossas competências e iniciativas.

Agora, um novo tempo se apresenta exigindo ainda mais de nossas capacidades de realização. Encontrar meios para juntos superarmos as novas necessidades que virão para todos nós, colocarmos em prática soluções que nos permitam prosseguir no destino de entregar ao mercado o melhor em qualidade que cada uma de nossas empresas pode oferecer.
Este hiato, sim apenas um hiato, irá passar e estaremos juntos, como um exército para novas conquistas. Aliás, estaremos não, estamos.

Iremos precisar de novas estratégias, novas armas e, como sempre, a inesgotável vontade de vencer, com a coragem que as lutas exigem.

Então, desde já vamos nos preparar para os novos embates e transformá-los em vitórias.

Nós da Cyclomagazine e Motomagazine, somos, por função, um elo de ligação destes imensos mercados. Nos sentimos constrangidos à, de alguma forma, minimizarmos as consequências negativas deste momento.

Gostaríamos de nos disponibilizar para fazer chegar a todos, ideias, estratégias, mensagens e principalmente as boas notícias que puderem nos ajudar a ver com maior otimismo o futuro próximo. Por favor nos usem como seus multiplicadores.

O que tiverem e acharem importante ser comunicado concernente ao nosso segmento, favor nos enviar. Cumpriremos nosso papel de veículo comunicativo, seja impresso e/ou via redes sociais.
Solicitamos autorização para mencionar ou não o crédito do informe.

Pv 17: 17 “O amigo ama sempre e na adversidade ele se torna um irmão”.


Top