Estudantes de MT pintam ciclofaixa em protesto

ciclofaixaprotestomtvcreporterbrunomendes[1]

Ato homenageou estudante que foi morta ao ser atingida por caminhão enquanto andava de bicicleta

No último sábado, um grupo de estudantes da Universidade Federal de Mato Grosso em Sinop pintou uma ciclofaixa na avenida Alexandre Ferronato, no Setor Industrial. A ação, realizada na via que dá acesso ao campus, integrava uma manifestação pacífica em alusão a Joana Darc da Costa, aluna da faculdade que morreu no início de abril, ao ser atingida por um caminhão enquanto andava de bicicleta no local.

Responsável pela Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte Urbano de Sinop, Ivete Mallmann Franke afirma que a pasta planejou para a avenida uma ciclovia, uma pista separada da via para a circulação de bicicletas. Um canteiro central comportaria a instalação. Porém, os estudantes pediam uma ciclofaixa, uma faixa exclusiva para ciclistas na própria avenida. Ivete disse que o grupo foi orientado a aguardar análises de possibilidades, mas decidiu fazer o protesto mesmo assim.

A assessoria de imprensa da prefeitura afirma que as reivindicações não foram formalizadas e, por isso, ainda não se posicionou. A administração municipal solicitou à Secretaria de Trânsito uma análise da viabilidade de instalação da ciclofaixa. Em caso de aprovação, a pintura feita pelos estudantes seria substituída por uma nova, de acordo com as normas exigidas por lei.

Ato lembrou a morte da estudante Joana Darc da Costa Foto: Bruno L Mendes / vc repórter
Ato lembrou a morte da estudante Joana Darc da Costa

Além da faixa exclusiva, estão entre as reivindicações a falta de iluminação e de sinalização na área. Ivete explicou que os estudantes entraram em contato com a Secretaria de Obras, que se comprometeu a realizar melhorias. A região passa por um processo de transformação em função da instalação de um empreendimento particular. Ainda segundo a secretaria, o ato no Setor Industrial causou restrições no trânsito, mas os manifestantes foram orientados a respeitar o direito de ir e vir dos demais cidadãos.

Um novo protesto está marcado para o dia 19, em frente à Câmara Municipal de Sinop. De acordo com o evento criado no Facebook para convidar os interessados, o objetivo do ato é entregar um manifesto ao presidente da Casa.

Fonte: Terra

Top