MV Agusta registra crescimento

image0012[1]

No segmento premium acima de 1000cc, marca já é a 5ª mais vendida, alcançando 4,3% de participação; Marca vai abrir novas concessionárias e está oferecendo condições diferenciadas de vendas

Após quatro meses de operação oficial no Brasil, a MV Agusta comemora o crescimento contínuo das vendas dos modelos produzidos no país e o incremento na participação de mercado. Em fevereiro, a MV alcançou a 5ª colocação entre as mais emplacadas no segmento acima de 1.000cc.

“Mesmo sendo uma marca premium, com produtos praticamente fabricados artesanalmente, a MV vem mês a mês aumentando o volume de vendas e isso demonstra que o brasileiro está cada vez mais se interessando por motocicletas de alta performance”, afirma Marcus Vinícius S. Santos, gerente da MV AGUSTA Brasil.

Outra conquista da marca foi o desempenho individual de vendas dos modelos  Brutale e F4. Em fevereiro, a Brutale foi a 5ª naked acima de 1.000cc mais emplacada, enquanto a F4 foi a 6ª motocicleta mais emplacada entre as superesportivas. “Nossos produtos são reconhecidos por aliar design e performance e o consumidor reconhece isso e esperamos continuar com essa curva ascendente e registrar neste mês pelo menos 15% de crescimento, o que nos dará 5% de mercado”, afirma Marcus Vinicius.

Agora em março a MV Agusta inaugura duas novas revendas no Brasil nas cidades de Campinas (SP) e Belo Horizonte (MG) e, para apoiar o crescimento nacional da rede de concessionárias, oferece um plano especial de vendas válido para todo o território e para os três modelos em produção no País.

Os consumidores poderão adquirir a F4 (R$ 68.000,00), a Brutale 1090RR (R$ 60.000,00) ou a Brutale 1090R (R$ 52.000,00) com 50% de entrada e o restante financiado em até 12 vezes sem juros. “Entendemos que o potencial do mercado de motos premium é grande e o futuro no curto prazo é muito promissor. Ainda mais a partir de agora com a ampliação de nossa rede, chegando a oito concessionárias, e as novas condições de pagamento”, conta.

 

Top