Laboratório da Magneti Marelli é aprovado pelo INMETRO

mmtexto_620x467[1]

A Divisão Powertrain (motor) do grupo Magneti Marelli, considerada referência no desenvolvimento de tecnologias na área de controle eletrônico de motores a combustão, teve o seu laboratório de emissões de motocicletas acreditado pelo INMETRO (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia). Essa acreditação é inédita no Brasil para o segmento de duas rodas. O laboratório já tem aprovação nos ensaios de emissões para automóveis, desde 2012.

Durante a visita realizada pelos representantes do instituto foram avaliados todos os processos de gestão documental como capacitação técnica, equipamentos, participação nos ensaios de proficiência (comparação dos resultados de ensaios de todos os laboratórios de emissões), contemplando o escopo vigente e também a extensão de dois novos métodos de ensaio. O laboratório de motocicletas é considerado a principal referência em homologações. É o primeiro do Brasil a ser acreditado para a norma, conforme o Promot 4, nova fase da regulamentação ambiental para emissões de gases poluentes para motocicletas. A primeira etapa do programa entrou em vigor neste ano.

O laboratório de emissões faz parte do centro técnico de Hortolândia, SP,  e ocupa uma área de 3 000 m². É peça fundamental para a engenharia da Magneti Marelli no desenvolvimento de novas tecnologias para a indústria automotiva, além de prestar serviços para montadoras e importadoras que precisam atender a legislação no que diz respeito ao controle de poluentes e eficiência energética.

O laboratório realiza atualmente simulações e testes de emissões de motos para BMW, Ducati, Harley-Davidson, KTM, Kawasaki, Suzuki, Traxx, Triumph, entre outras.

Fonte: Terra

Top