Site Ring53 vende bicicletas fixas feitas artesanalmente

Ring53_01[1]

Bike Alu 6061 Completa Fx Rosa 54 à venda no site da Ring53. Modelo foi desenvolvido pelo ateliê Colossi. Divulgação

Bike Lug Azul 54 com quadro soldado a mão, produzido sob supervisão de Jan Kole, utiliza tubos italianos Columbus. Divulgação

Bike Lug Completa Fx Azul 54 utiliza tubos italianos Columbus. Divulgação

Produzido sob supervisão de Jan Kole, modelo Lug Verde 54 pode ser comprado no site Ring53. Divulgação

Bike Tig Weld Completa Vermelha 54 é outro modelo disponível no site. Divulgação

Com origem nas bicicletas de velódromo, as fixies, modelos com catraca fixa, ganham cada vez mais adeptos nas cidades. Dentro desse cenário, os amigos Eduardo Ataide e Alberto Rojas resolveram trazer as bicicletas artesanais da Colossi para o Brasil e montaram o site Ring53.

Administrador de empresas, Rojas trabalha na Ásia e começou a fazer parte da equipe amadora de ciclismo patrocinada pela Colossi, do holandês Jan Kole. A Colossi utiliza os tubos de aço cromolibidemio produzidos na Itália pela empresa Columbus e o alumínio 6061 para moldar e soldar os quadros artesanalmente.

“A Colossi fabrica todo tipo de bicicleta, desde passeio até de alto nível. Nós trouxemos para o Brasil as bicicletas fixas, bicicletas de velódromo adaptadas para uso urbano. Planejamos todas as combinações de cores, tipo de roda, guidão, quadro”, explica Ataide. O diretor de arte explica que o movimento do uso das fixas nas grandes cidades começou com os mensageiros, que usam o meio de transporte para trabalhar.

Para Ataide, o uso da bicicleta fixa é cada vez maior no meio urbano porque ela é um modelo de fácil manutenção e também associado ao estilo do ciclista. Segundo o empresário, elas têm uma certa associação com a moda, tanto que algumas marcas usam bikes fixas em suas vitrines e até criam seus próprios modelos.

A principal característica das fixies é não ter roda livre, ou seja, os pedais se movem o tempo todo com as rodas. Não dá, por exemplo, para parar de pedalar e “andar na banguela”. O site começou com a venda de 15 bicicletas completas e 10 quadros. O investimento inicial foi de R$ 40 mil. Quando 30% do estoque for vendido, um novo pedido será feito. As bicicletas custam entre R$ 1.790 a R$ 2.390.

Fonte: Estadão

*

Top