A bicicleta eletrica da Audi

Além de comprar a fabricante de motocicletas Ducati, a Audi acaba de mostrar outra iniciativa para entrar no setor de duas rodas. A marca irá expor no Wörthersee 2012, evento que reúne marcas do Grupo Volkswagen e começa na próxima quarta-feira (16), na Áustria, sua bicicleta elétrica chamada de Audi e-bike. Segundo a empresa, o veículo será focado em desempenho e terá propulsão mista muscular e elétrica. Ainda há a possibilidade de conectar smartphone a bicicleta para conectar a bicicleta à internet e compartilhar informações sobre o deslocamento em tempo real.

O sistema permitirá a existência de uma espécie de competição. Ao realizar manobras, os usuários somarão pontos e haverá um ranking. “Ao desenvolver a Audi e-bike, nos inspiramos em competições”, explica Hendrik Schaefers, um dos responsáveis pelo design da bicicleta.

A e-bike possui cinco modos de potência, que vão desde utilizar apenas a força humana até deixar todo trabalho ao motor elétrico. De acordo com a marca, com o motor elétrico em sua potência máxima, é possível atingir até 80 km/h. Nesta opção, sua autonomia fica em torno de 50 km a 70 km. A potência máxima da e-bike é de 2,3 kw, equivalente a 3,12 cavalos. Segundo a marca, seu conjunto possui centro de gravidade baixo, aumentando a estabilidade do modelo. Quadro e balança são de fibra de carbono, o que ajuda a reduzir o peso da bicicleta – 11 kg, excluindo componentes elétricos. A bateria é incorporada ao chassi e leva duas horas para carregar. Caso o ciclista faça longos percursos, é possível levar bateria extra para substituir a descarregada.

Para a realização de acrobacias, o assento pode ser abaixado ou levantado por meio de um botão. Outro advento eletrônico da bicicleta é ajuda eletrônica para realizar manobras. É possível escolher entre modos de maior e menor ajuda, auxiliando os iniciantes em movimentos radicais.

Fonte: AutoEsporte

*

Top